fbpx

Núncio na Ucrânia: “A oração pode mudar o curso da história”Núncio na Ucrânia: “A oração pode mudar o curso da história”

O núncio apostólico na Ucrânia, dom Visvaldas Kulbokas, explicou que a situação na Ucrânia “tornou-se ainda mais tensa” e que sente o medo e a preocupação do povo.

Falando a Vatican News, serviço de informação da Santa Sé, Kulbokas disse que os ucranianos estão mostrando grande resiliência porque têm uma “grande capacidade humana para lidar com situações de emergência”.

“O medo é grande, a tensão é alta, mas mesmo assim as pessoas estão resistindo bastante bem”, disse.

“Claro que se pode dizer que há muita atenção porque é como se se pudesse sentir o cheiro da guerra, o que preocupa a todos. Isso preocupa aqueles que têm filhos, aqueles que vivem com idosos, mulheres grávidas, mas aqui o governo está tentando acalmar a população. E, na minha opinião, isso também faz parte da missão da Igreja Católica e, em geral, das igrejas e comunidades religiosas, de incutir pelo menos uma calma relativa mesmo em situações de emergência”, disse o núncio apostólico na Ucrânia.

 

O poder da oração

O bispo falou que tem notado que “a oração pela paz tem sido cheia de fervor nestes dias” e disse que “você pode sentir a preocupação dos fiéis que vêm às paróquias, mas também se pode sentir uma oração profunda porque sabemos muito bem que a oração não é uma coisa qualquer, a oração tem um enorme poder de mudar os corações, de mudar o curso da história”.

“Quando rezamos pela paz, rezamos também pela coragem dos políticos. A missão da Igreja é olhar para todos como irmãos, portanto, quando falamos de diálogo e quando rezamos pelo diálogo, como Igreja sabemos que temos a missão de iluminar o diálogo. Quando rezo pessoalmente pela paz, sei muito bem que a qualquer momento Nosso Senhor Jesus é capaz de iluminar um ou outro político, um ou outro soldado, e mudar diametralmente as decisões”, disse.

Por fim, o núncio Apostólico na Ucrânia apelou a “construir um maior entendimento entre as igrejas”, pois “quanto mais unidos estivermos, mais fortes estaremos dentro e mais capazes de dar um testemunho do Evangelho aos outros”.

As palavras do embaixador ucraniano junto à Santa Sé

O embaixador ucraniano junto à Santa Sé, Andriy Yurash, lamentou que estamos vivendo “uma situação terrível, não apenas para a Ucrânia, mas também para a Europa e para o mundo inteiro”.

“O povo ucraniano está mais unido do que nunca. Há uma atmosfera de grande solidariedade aqui”, disse o embaixador, que agradeceu ao papa Francisco por suas palavras e seu apelo à paz.

“O apoio espiritual do papa Francisco é vital para nós. A Santa Sé se oferece para mediar, a iniciativa já existe e agradecemos muito essa disponibilidade”, assegurou.

Fonte:ACI.digital

MAPA DO SITE

ONDE ENCONTRAR

PRAÇA PADRE JOÃO JANSEN - S/Nº
CEP: 86730-000 - ASTORGA - PARANÁ

HORÁRIO DE ATENDIMENTO DA SECRETARIA

SEGUNDA À SEXTA-FEIRA, DAS 8H ÀS 19H, SÁBADO DAS 8H ÀS 18H.

(44) 3234 - 1350
SANTUÁRIOASTORGA@DIOCESEDEAPUCARANA. COM.BR