fbpx

Santuário Astorga

Papa Francisco concede indulgência plenária a santuário mariano em Portugal

O Santuário de Nossa Senhora da Peneda, na Diocese de Viana do Castelo (Portugal), está comemorando os 800 anos desse culto mariano e, por este motivo, o Papa Francisco concedeu a indulgência plenária aos fiéis, de 5 de agosto a 8 de setembro.

De acordo com a Penitenciaria Apostólica, a indulgência plenária é concedida “aos fiéis cristãos” que, “em espírito de verdadeira penitência e movidos pela caridade, a fim de usufruírem do jubileu e o poderem aplicar também em sufrágio pelas almas do Purgatório, acorrerem, em peregrinação ao Santuário de Nossa Senhora da Peneda”, no Arciprestado de Arcos de Valdevez.

Explica ainda que a indulgência plenária é aplicada de acordo com as “condições normais”, isto é, confissão sacramental, comunhão eucarística e oração pelas intenções do Santo Padre.

Podem lucrar a indulgência aqueles que celebrarem no Santuário de Nossa Senhora da Peneda “os ritos jubilares ou, na mesma ocasião, elevarem humildes preces a Deus pela fidelidade à vocação cristã, pelo incremento das vocações sacerdotais e religiosas, bem como pela fidelidade das famílias cristãs, concluindo as mesmas com a Oração Dominical, o Símbolo da Fé e a invocação da Santíssima Virgem Maria”.

Além disso, segundo a Penitenciaria Apostólica, os fiéis que se encontrem impedidos de peregrinar ao santuário mariano, por causa da idade avançada, por doença ou por outra causa grave, “poderão, de igual modo”, receber a indulgência plenária cumprindo “logo que possível, as três condições habituais”, e se reunirem “espiritualmente às celebrações deste aniversário”.

Em declarações à Agência Ecclesia, do episcopado português, o reitor do Santuário, Padre César Maciel, assinalou que a concessão da indulgência plenária insere os fiéis “na esperança de viver da graça de Deus por meio da Igreja”.

“Ao mesmo tempo que nos ajuda a ser mais Igreja na relação com o Santo Padre, ajuda-nos a perceber a graça que somos e a misericórdia de que precisamos enquanto Igreja peregrina em qualquer canto do mundo”, disse.

800 anos de culto

O Santuário de Nossa Senhora Peneda celebra 800 anos de culto, segundo a memória da aparição, em 5 de agosto de 1220, de Nossa Senhora a uma pastorinha, pedindo-lhe para construir uma ermida.

O templo, pertencente à Paróquia do Divino Salvador da Gavieira, no Arceprestado de Arcos de Valdevez, está localizado no Parque Natural Peneda-Gerês, no Alto-Minho.

“Celebrar 800 anos é uma oportunidade de memória e de esperança. Fazemos memória e criamos esperança”, disse Pe. César Maciel.

O templo de Nossa Senhora da Peneda foi elevado a Santuário Diocesano em abril deste ano pelo Bispo de Viana do Castelo, Dom Anacleto Oliveira. O Prelado também presidiu no último dia 5 de agosto a abertura da porta jubilar do santuário.

Para o reitor do santuário, “uma porta aberta é sinal de acolhimento” e quiseram “abrir uma porta que acolhe na casa de Maria”.

“Maria é a porta que leva a Cristo – Rei misericordioso. Maria acolhe, abraça e convida a entrar cada pessoa e cada família. Esteticamente Maria abraça com o seu manto e cada um sente-se refletido nela. Cada peregrino entra na porta e é porta na medida em que se sente acolhido e se vê refletido nela”, assinalou.

Por fim, indicou que “esta Porta Santa é um convite ao júbilo, ao perdão, à misericórdia, mas também à harmonia entre Deus e o ser humano, entre seres humanos, entre Deus, o humano e a natureza”.

Fonte:ACI.digital

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *