fbpx

Santuário Astorga

Família: escola de verdadeiros empreendedores

Que alegria amados empreendedores(as), estamos juntos mais uma vez!

Nesta semana toda especial da Família, venho através deste artigo, que tem como tema “Família: Escola de Verdadeiros Empreendedores”, com a intenção e benção da família restauradora.

Amados empreendedores(as) e irmãos e irmãs, a família é o nosso maior empreendimento. Essa é uma verdade inegociável para nós, empreendedores católicos. É um guia, um modelo de gestão de toda a nossa vida. Da família, em Jesus, partem todas as demais coisas. Depois de Cristo, sempre vem a família. O papa Francisco escreveu uma exortação Apostólica dedicada à família, que se chama “Amoris Laetitia (A Alegria do Amor). Como o que digo: se não houver alegria em nossos empreendimentos, eles não servem para nada. Precisamos de amor e alegria, afinal Cristo veio para que sejamos felizes.

O empreendedor de fé sabe que nenhum sucesso vale a pena diante do fracasso do seu lar. Essa fé, que é dom de Deus, deve ser alimentada com a ajuda de todos os membros da família. O porém disso tudo é que muitas vezes um membro da família tem essa consciência, mas nem todos são convencidos dessa preciosidade.

Todos nós conhecemos pais que lutam por suas famílias, empreendem, fazem grandes renúncias por seus filhos, mas os mesmos não dão valor ao que recebem. Esses filhos serão verdadeiros fracassados, caso não se convertam.

A família empreendedora vive em sinergia uns com os outros. Todos sabem que a vida tem seus custos, despesas e desafios. A família empreendedora dá valor e celebra cada conquista, reconhece cada passo dado individual e coletivamente. A família empreendedora fica rica e permanece rica; ao contrário do pai, ou da mãe que empreendem sozinho, sem o apoio dos filhos mal-educados, acomodados, que não honram seus pais. Pais que empreendem sozinhos criam filhos pobres.

Esse modelo de família empreendedora não é utópico. Conhecemos vários exemplos de casais e filhos que lutam juntos, constroem juntos e festejam juntos. Mas qual é o segredo para que isso aconteça? Não há segredo. A fórmula está contada na Palavra. Olhe como fala o Salmo 128/127, 1-6: “felizes os que obedecem ao senhor e andam nos seus caminhos comerás do fruto do teu próprio trabalho: assim serás feliz e viverás contente. A tua esposa será como videira fecunda na intimidade do teu lar; os teus filhos serão como rebentos de oliveira ao redor da tua mesa. Assim vai ser abençoado o homem que obedece ao Senhor. O Senhor te abençoe no monte Sião! Possas contemplar a prosperidade de Jerusalém todos os dias de tua vida, e chegues a ver os filhos dos teus filhos. Paz e Israel”.

ORAÇÃO DA FAMÍLIA RESTAURADORA

Meu Jesus, minha família é um dom de Deus, uma graça. Nela vivo os melhores momentos da minha vida. Nela recupero minhas forças para cumprir minha missão. Meu refúgio nas tempestades.

Senhor, sei também que lá, muitas vezes, sou negligente. Não dou o tempo devido os meus. Causo confusão e gero discórdia. Meus pecados prejudicam a minha família. Mas pela Sua Misericórdia, sei que o Senhor pode refazer cada célula ferida dentro de casa. Só o Senhor pode fazer isso.

 Pai, criador da minha família, peço que toda a minha casa seja refeita segundo os Seus planos, e que cada um de nós possamos ser empreendedores, segundo o Teu coração. Prepara a minha família para os grandes projetos. Tu que és autor de tantas palavras de otimismo e motivação, nos ensina a confiar na Tua intervenção.

Obrigado por quando me disseste “filho, tem confiança!” (Mt 9, 2); Quando me motivou: “Grande é a tua fé” (Mt 15, 28). Quando me fez voltar a caminhar, quando estava desanimado, sem esperança: “Levanta-te” (Mc 5, 41); quando me abençoou: “Vai em paz” (Lc 7, 50);  e quando não me colocou medo, ao contrário, disse para eu não voltar atrás: “Não temais!” (Mt 14, 27).

Que dentro de casa eu possa ser também portador de palavra de estimulo para os meus. Que as minhas palavras sejam inspiradoras, que motivem os meus a irem, levantaram, ter confiança e não terem medo.

Obrigado Pai, por ser o Grande Empreendedor e nos fazer empreendedores em Ti. Realizaste na prática a teoria do empreendedorismo transgeracional e hoje somos fortes pois nos criastes forte em Ti.

Louvado sejas para Sempre. Glorificado e exaltado sejas para sempre. Amém!

Artigo de padre Alex Reis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *