fbpx

Deputada católica e pró-aborto dos EUA recebe 16 mil rosas e rosários por sua conversão

Quase três meses após o lançamento da campanha de oração e jejum “Uma rosa e um rosário” por Nancy Pelosi, mais de 16 mil pessoas rezaram pela presidente da Câmara dos Deputados dos EUA. A campanha foi lançada em 29 de setembro, pelo arcebispo de são Francisco, dom Salvatore Cordileone, que convidou os católicos a rezar por Pelosi para que mude a sua postura de apoio ao aborto.

“Convido todos os católicos a se unirem maciça e visivelmente à campanha de jejum e oração pela presidente Pelosi: comprometam-se a rezar um rosário por semana e a jejuar às sextas-feiras pela sua conversão de coração”, pediu o arcebispo.

Dom Cordileone explicou que a rosa é “também um símbolo de nossa Mãe, a Santíssima Virgem Maria, a ‘rosa mística'” e destacou que “neste momento particular da história da nossa nação, precisamos mais do que nunca da sua intercessão, a de Santa Teresa, e de todos os outros Santos que nos mostraram o caminho da vida”.

“A reação provocada pela aprovação da lei da batida do coração do Texas demonstra quão desesperadamente nosso país, e muitos de nossos líderes políticos, necessitam uma conversão de coração para deixar o caminho da morte e recuperar uma cultura da vida”, disse Cordileone. A lei proíbe abortos assim que se possa detectar a batida do coração do bebê no ventre da mãe, o que acontece normalmente por volta da sexta semana de gravidez.

 

No dia 12 de dezembro, festa de Nossa Senhora de Guadalupe, após quase 3 meses de campanha, 16.381 pessoas ofereceram rosas e rosários pela conversão de Pelosi.

Durante a festa da Virgem, foi realizada a entrega em massa de rosas ao Capitólio, a segunda que se realiza desde 1º de outubro, festa de Santa Teresinha do Menino Jesus, que prometeu após sua morte enviar aos fiéis uma “chuva de rosas” como um sinal do amor de Deus.

Dom Cordileone destacou que “a festa de Nossa Senhora de Guadalupe, padroeira dos nascituros, é um dia apropriado para enviar uma chuva de rosas” à presidente da Câmara dos Representantes e destacou que cada uma das flores representa “um católico que reza e jejua pela conversão de Nancy Pelosi ao evangelho da vida”.

“É isso que significa igualdade: toda a vida humana é igualmente sagrada. Presidente Pelosi, nós amamos você. Não é tarde demais: escolha a vida”, acrescentou.

Maggie Gallagher, diretora do Instituto Bento XVI, disse que um pequeno grupo se reuniu para rezar o rosário junto com as rosas entregues, para mostrar que este é um “serviço de oração, não uma manifestação política”.

Gallagher disse que o instituto continuará enviando 100 rosas a Pelosi por dia, para mostrar a ela o número de católicos que rezam e jejuam por sua conversão à causa pró-vida.

“Essas rosas são um símbolo rico, profundo e visível de que os católicos não podem apoiar a perda massiva de vidas humanas inocentes, não importa o que a política, os políticos e as pesquisas digam”, concluiu.

Fonte:ACI.digital

MAPA DO SITE

ONDE ENCONTRAR

PRAÇA PADRE JOÃO JANSEN - S/Nº
CEP: 86730-000 - ASTORGA - PARANÁ

HORÁRIO DE ATENDIMENTO DA SECRETARIA

SEGUNDA À SEXTA-FEIRA, DAS 8H ÀS 19H, SÁBADO DAS 8H ÀS 18H.

(44) 3234 - 1350
SANTUÁRIOASTORGA@DIOCESEDEAPUCARANA. COM.BR