fbpx

A oração do terço transforma vidas e famílias, diz participante da Romaria do Terço dos Homens

“O Terço dos Homens é a força do Espírito Santo dentro da Igreja, por onde ele passa vem transformando vidas, salvando almas e trazendo a presença do homem para a nossa Santa Igreja de novo. É um presente de Nossa Senhora para cada um de nós”, disse Carlos Alberto Peroni, da diocese de Colatina (ES), participante da 16ª Romaria Anual do Terço dos Homens que acontece no Santuário Nacional Aparecida, em Aparecida (SP).

Mais de 80 mil homens de todo o país participam da romaria que começou na sexta-feira (23) e termina hoje (25). Atualmente, é considerada a maior romaria acolhida pelo Santuário Nacional Aparecida. O tema deste ano foi: “Terço dos Homens: celebrar a Palavra de Deus na Casa da Mãe” e o lema “Tua palavra é luz do meu caminho” (Salmo 119). 

São muitos os testemunhos de pessoas que tiveram as suas vidas transformadas, alcançaram graças e começaram a ter fé e a participar da Igreja por intercessão de Nossa Senhora através da oração do terço.

“Recitar o terço e levar o amor de Nossa Senhora transformou a minha família”, disse Renato Santana, de São Paulo (SP), casado e pai de dois filhos. Ele falou da importância de ser exemplo de oração para os filhos. “Dentro de casa a gente tem que ensinar o verdadeiro amor a Jesus Cristo e pedir a Nossa Senhora para interceder pela nossa família”.

Renato Santana. Crédito: ACI Digital.
Renato Santana. Crédito: ACI Digital.

O diácono permanente Elder Marques, da diocese de Cachoeiro de Itapemirim (ES), contou que a sua vocação ao diaconato surgiu do terço. “Meus avós, e hoje meus pais, meu pai com 87 anos, minha mãe com 82 anos, rezam o terço todos os dias, então eu sou fruto do rosário, eu sou fruto do terço”.

Diácono Hélder da diocese de Cachoeiro de Itapemirim. Crédito: ACI Digital.
Diácono Hélder da diocese de Cachoeiro de Itapemirim. Crédito: ACI Digital.

Wagner Goes de Araújo, de Nordestina (BA), contou que foi usuário de drogas e que através da intercessão de Nossa Senhora e de seu amor por ela conseguiu deixar essa vida e começar na caminhada com o Terço dos Homens. “Eu pedi ajuda a Nossa Senhora, que eu me livrasse de todo aquele tormento que passei e foi quando em 2012 essa graça veio a ser alcançada e até hoje eu me identifico com Nossa Senhora Aparecida, pois tenho certeza que foi ela quem intercedeu junto a Jesus a seu Filho por mim”.

“Com certeza o inferno se incomoda com um homem de oração”, disse Renato Silva, de São Paulo.  “No dia de hoje aqui no Santuário tenho certeza de que o encardido está incomodado por quantos homens que deixaram as suas famílias, suas casas, seu trabalho para estar aqui diante de Nossa Senhora, contemplando a face de Jesus através da oração do santo terço”, acrescentou.

Renato Silva. Crédito: ACI Digital.
Renato Silva. Crédito: ACI Digital.

Os eventos centrais da Romaria foram: a missa de abertura na sexta-feira (23), celebrada pelo arcebispo de Aparecida (SP), dom Orlando Brandes, e depois uma procissão luminosa.

Ontem (24), às 7h30, foi celebrada a missa solene na Tribuna Dom Aloísio Lorscheider, montada no Pátio das Palmeiras do Santuário. A missa foi celebrada pelo arcebispo de Juiz de Fora (MG) e bispo referencial para o Movimento Nacional do Terço dos Homens, dom Gil Antônio.

“O homem com o terço na mão, tem Jesus no coração, tem Maria como sua protetora, tem a Igreja dentro de sua casa”, disse dom Gil.

“Desfiando as contas do Rosário você vai chegando cada vez mais perto da Palavra que é Jesus, vai se deixando conduzir pela mão da Mãe que escolheu a Palavra para ser serva, você é servo de Deus, você imita Maria, porque você ama Maria como sua Mãe”, disse.

Na tarde de ontem (24), os tercistas se reuniram no altar central da basílica para o terço solene e a consagração a Nossa Senhora. Muitos tiveram que acompanhar o terço do lado de fora, pois o templo estava lotado. Durante o terço, alguns participantes deram os seus testemunhos.

Hoje (25), às 8h, foi a missa de envio, celebrada pelo bispo emérito de Coari (AM), dom Joércio Gonçalves Pereira.

“Se somos homens e mulheres de oração do terço, que Ele mesmo nos ensinou na oração do Pai-Nosso: ‘não nos deixei cair em tentação, mas livrai-nos do mal’; se nós rezamos com Ele, nós seremos com Jesus, também vencedores. Não tenha medo de enfrentar as suas tentações, são pequenas, são grandes, mas existem. Olhe pra Jesus e peça sempre pra Ele ajudar você a vencê-las”, disse dom Joércio.

Além das atividades principais, os romeiros participaram em momentos de oração, adoração ao Santíssimo e shows.

Fonte:ACI.digital

MAPA DO SITE

ONDE ENCONTRAR

PRAÇA PADRE JOÃO JANSEN - S/Nº
CEP: 86730-000 - ASTORGA - PARANÁ

HORÁRIO DE ATENDIMENTO DA SECRETARIA

SEGUNDA À SEXTA-FEIRA, DAS 8H ÀS 19H, SÁBADO DAS 8H ÀS 18H.

(44) 3234 - 1350
SANTUÁRIOASTORGA@DIOCESEDEAPUCARANA. COM.BR