fbpx

Monsenhor Guido Marini deixa de ser o mestre das celebrações pontifícias

Monsenhor Guido Marini foi nomeado pelo papa Francisco bispo de Tortona, na Itália, e deixará seu encargo como mestre das celebrações litúrgicas pontifícias. Ele substituirá dom Vittorio Francesco Viola, nomeado recentemente secretário da Congregação para o Culto Divino.

A Santa Sé ainda não informou quem será o novo mestre das celebrações litúrgicas pontifícias.

A diocese de Tortona se encontra na região do Piemonte, no norte da Itália, e é uma das mais antigas do país.

Monsenhor Guido Marini nasceu em 31 de janeiro de 1965 em Gênova, na Itália. Depois de completar o ensino médio, ingressou no seminário de Gênova, onde se formou em teologia.

 

Após ser ordenado presbítero em 4 de fevereiro de 1989, finalizou o doutorado ´utroque iure`, ou seja, em direito civil e em direito canônico na Pontifícia Universidade Lateranense, e se licenciou em psicologia da comunicação pela Pontifícia Universidade Salesiana, em 2007.

Entre 1988 e 1995, foi secretário particular do cardeal Giovanni Canestri, então arcebispo de Gênova, e de seus sucessores, o cardeal Dionigi Tettamanzi, entre 1995 e 2002, e o cardeal Tarcisio Bertone, entre 2002 e 2003.

Na diocese de Gênova, foi também mestre de cerimônias, encargo que desempenhou com cuidado especial na preparação dos textos litúrgicos e na promoção do Collegium Laurentianum, formado por voluntários que se encarregavam da ordem dentro da catedral.

Monsenhor Marini desempenhou outros encargos de especial importância dentro da diocese de Gênova: foi diretor do Escritório Diocesano de Educação, membro eleito do Conselho Presbiteral, chanceler arquiepiscopal, secretário do Conselho Episcopal, professor de direito canônico, cônego e prefeito da Catedral de São Lourenço e diretor espiritual do seminário.

papa Bento XVI o nomeou mestre das celebrações litúrgicas pontifícias e prelado de honra do papa em 1º de outubro de 2007. A primeira celebração pontifícia que ele dirigiu foi nas grutas vaticanas, em 2 de novembro de 2007, por ocasião da oração pelos papas falecidos na comemoração dos fiéis defuntos.

O papa Francisco o confirmou como mestre das celebrações litúrgicas pontifícias e o nomeou em 2019 responsável pela Capela Musical Pontifícia.

Durante o ano acadêmico de 2018-2019, foi professor convidado de liturgia papal no Pontifício Ateneu de Santo Anselmo.

Desde a sua ordenação sacerdotal, desenvolveu o seu ministério no âmbito da pregação de exercícios espirituais, direção espiritual, acompanhamento de alguns grupos juvenis e assistente espiritual de algumas comunidades religiosas.

Fonte:ACI.digital

MAPA DO SITE

ONDE ENCONTRAR

PRAÇA PADRE JOÃO JANSEN - S/Nº
CEP: 86730-000 - ASTORGA - PARANÁ

HORÁRIO DE ATENDIMENTO DA SECRETARIA

SEGUNDA À SEXTA-FEIRA, DAS 8H ÀS 19H, SÁBADO DAS 8H ÀS 18H.

(44) 3234 - 1350
SANTUÁRIOASTORGA@DIOCESEDEAPUCARANA. COM.BR